O que você procura?

Procon e Receita do DF fiscalizam aumento no preço de descartáveis

ASCOM/SEEC

 

Com a reabertura de bares e restaurantesnesta quarta-feira (15), a procura por materiais descartáveis usados no ramo alimentício aumentou nos últimos dias. Para evitar que o preço também aumente, uma operação de fiscalização do Instituto de Defesa do Consumidor, o Procon, com o apoio da Receita do Distrito Federal, percorreu o comércio para identificar aumento abusivo de preços. Dez estabelecimentos foram fiscalizados, em Taguatinga, no Recanto das Emas, em Samambaia, na Cidade Estrutural e em Sobradinho.

 

Os estabelecimentos visitados devem, em até dez dias, apresentar as notas fiscais dos últimos 30 dias das compras e vendas de produtos como marmitas, talheres e copos descartáveis. Caso sejam identificadas práticas abusivas, as lojas poderão ser multadas pelo Procon.

 

A Secretaria de Economia, por meio da Receita do DF, acompanhou a operação para identificar se havia indícios de ilícitos fiscais, mas a situação fiscal dos estabelecimentos está regular. Os consumidores que identificarem práticas de aumento abusivo podem denunciar ao Procon pelo telefone 151, de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h, ou por e-mail: 151@procon.df.gov.br.

 

Publicado em: 15/07/2020 ás 18:31

Subsecretaria da Receita

Secretaria de Economia do Distrito Federal
Governo de Brasília
SBN Qd 02 Ed. Vale do Rio Doce 7º andar
CEP 70.040-909